Saiba mais sobre a possibilidade de locação sem fiador

Nenhum comentário

semFiador.png

Ser dono de um imóvel exige bastante atenção na relação com o inquilino. Isso porque a locação sem fiador é uma prática comum e que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado imobiliário. Assim, é essencial que o proprietário e o locatário se sintam seguros ao realizarem um acordo desse tipo.

O perfil de fiador exige critérios rigorosos e, muitas vezes, fica difícil encontrar algum familiar ou conhecido disposto a encarar tamanha responsabilidade. Mas saiba que a possibilidade já é uma realidade e existem opções que podem substituir a fiança — o que torna o processo mais ágil e prático para ambas as partes.

Pensando nisso, preparamos o artigo para que você entenda como realizar uma locação sem fiador com segurança. Preparado? Boa leitura!

Como realizar uma locação sem fiador?

Atualmente, a realização da locação sem fiador é facilitada por meio de modalidades que tornam o processo mais ágil. Além de seguras, elas garantem benefícios ao proprietário e ao inquilino.

Para se enquadrar como fiador, a pessoa deve comprovar renda de 3 vezes o valor do aluguel, além de possuir um ou mais imóveis em seu nome. Por isso, se torna muito difícil encontrar alguém que tenha o perfil — ainda mais se o locador não tem parentes ou conhecidos na cidade em que o imóvel será alugado.

Portanto, existem algumas opções para que a locação seja possível sem necessitar de um fiador. E como proprietário, saiba que elas oferecem garantias e vantagens, muitas vezes superiores à da fiança.

Quais são as opções para o inquilino?

O dono pode entrar em acordo com o inquilino que deseja alugar o imóvel, caso a opção da fiança não seja viável. De qualquer maneira, o essencial é que todos os detalhes sejam combinados entre as partes — evitando, assim, maiores prejuízos ao proprietário.

A seguir, descubra algumas modalidades possíveis para locar seu imóvel sem um fiador.

Seguro fiança locatária

Esse tipo de seguro, como qualquer outro, possibilita maior proteção e agilidade no contrato com o inquilino. A seguradora pode ser escolhida pelo locatário, e o proprietário tem a certeza do recebimento do aluguel em caso de inadimplência.

O seguro garante, ainda, a manutenção do imóvel, como o pagamento das taxas condominiais, assistência 24 horas em caso de emergências, assessoria jurídica, entre outras vantagens.

Essa é uma das opções mais aceitas no mercado imobiliário atualmente. Além do seu pagamento ser facilitado (podendo ser dividido em até 12 vezes), o inquilino não precisa se preocupar em buscar um fiador de confiança.

Caução

O depósito caução também é uma possibilidade muito utilizada. Com ela, o inquilino deposita o montante de 3 ou mais vezes o valor do aluguel, em uma conta poupança conjunta com o proprietário do imóvel.

O valor só poderá ser sacado pelo dono se existir a comprovação de inadimplência por parte do inquilino. Caso não ocorram pendências, ao final do contrato, o locatário recebe o dinheiro de volta — devidamente corrigido.

Fundos de investimento

Nesse tipo de garantia, o inquilino aplica uma quantia de dinheiro em um fundo de investimento e, caso possua débitos com o proprietário, esse pode requerer a transferência das cotas investidas.

Se não existirem pendências até o momento da desocupação do imóvel, o locatário pode facilmente resgatar o montante aplicado.

Títulos de capitalização

Essa modalidade funciona quando o inquilino adquire, junto a uma seguradora, um título de capitalização como garantia do recebimento do aluguel pelo proprietário. Sua maior desvantagem está no montante aplicado, que muitas vezes chega a 12 ou 15 vezes o valor do aluguel.

De qualquer maneira, o dinheiro não gera rendimentos e, caso não ocorra nenhuma irregularidade com o pagamento do aluguel, o locatário recebe o valor integral aplicado.

A locação sem fiador vem sendo uma opção cada vez mais utilizada entre os proprietários de imóveis. Além de facilitar o processo de análise do contrato, o inquilino também se resguarda juridicamente de imprevistos que possam ocorrer enquanto estiver no imóvel. Seguindo nossas dicas, certamente você evitará ao máximo a ocorrência de possíveis atrasos e inadimplências.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s